Datena é suspenso da Band após xingar Milton Neves ao vivo

Apresentador levou punição de dois dias depois de protagonizar episódio inusitado em programa de rádio

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

undefined

O apresentador do Brasil Urgente, a TV Bandeirantes, José Luiz Datena, levou suspensão de dois dias da emissora depois de se desentender com Milton Neves ao vivo, em um programa esportivo de rádio, o "Domingo Esportivo Bandeirantes".

Datena foi punido por 'comportamento inadequado', consequência da atitude impulsiva após ouvir seu nome ser citado no ar, vinculado à uma história do passado. Milton Neves conversava ao vivo por telefone com o comentarista Neto, contando que o apresentador morou de favor em Curitiba, nas décadas de 60 e 70, na casa de José Hidalgo Neto, ex-jogador e ídolo do Coxa, quando passou um período desempregado.

Milton Neves contava que Datena até hoje é grato a Hidalgo por tê-lo recebido no passado, brincando ainda que o colega de emissora é diferente muitas pessoas, que são ingratas. Neto retrucou dizendo que o cronista esportivo “deu asa à muitas cobras”, no que Neves completou: “Mas são cobras boas, que não tem veneno”.

Pouco tempo depois do bate-papo saudoso entre os Milton Neves e Neto, Datena entrou no estúdio xingando: “Que m... é essa?”, repetiu algumas vezes, intercalando com alguns palavrões, até que o âncora do programa cortou o áudio com uma vinheta. Datena está sendo substituído pelo repórter Lucas Martins na apresentação do Brasil Urgente.

Confira o episódio que culminou na suspensão de Datena:

Leia tudo sobre: futeboljornalismodatenabandbandeirantesmilton nevesradio