Monitores de plataforma do Move são depredados

Os suspeitos dos atos de vandalismo poderão ser identificados por meio das câmeras que flagraram a ação; plataforma continua em funcionamento

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Os monitores depredados foram flagrados por um usuário da plataforma
WEB REPÓRTER/ GUILHERME MACHADO
Os monitores depredados foram flagrados por um usuário da plataforma

Os quatro monitores da plataforma do Move (nome dado ao BRT de Belo Horizonte, sigla em inglês para transporte rápido por ônibus) do bairro Cidade Nova, região Nordeste da capital, foram depredados entre a noite desse domingo (25) e a madrugada desta segunda-feira (26). Ainda não há previsão de quando os equipamentos serão substituídos.

A BHTrans informou que já foi feito um boletim de ocorrência para tentar identificar os autores dos atos de vandalismo, já que há câmeras no local que podem ter flagrado a ação. A empresa de manutenção da plataforma também foi acionada para substituir os monitores depredados por novos, no entanto, ainda não há uma previsão de quando isso irá acontecer.

Enquanto isso, a plataforma continua funcionando, mas sem as informações passadas via monitor. Ainda de acordo com a BHTrans, essas informações são em relação ao tempo que falta para determinada linha chegar à estação, e que informações urgentes serão passadas por áudio aos usuários da plataforma, quando necessário. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave