Após empate, Atlético-PR demite o técnico Doriva

No comando do Furacão, treinador somou apenas três vitórias, dois empates e amargou três derrotas

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

A diretoria do Atlético Paranaense anunciou, na noite desse domingo, a demissão do técnico Doriva, logo após o empate sem gols com o Bahia, na Arena da Baixada, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Assim, a equipe paranaense volta a ser comandada interinamente por Leandro Ávila, que já teve que substituir Miguel Ángel Portugal no meio do ano.

Foram apenas oito as partidas de Doriva no comando do Atlético-PR, mas o retrospecto não foi dos melhores, o que culminou na demissão. O treinador chegou no dia 16 de junho, assumindo a equipe durante a pausa do Campeonato Brasileiro em razão da Copa do Mundo e somou apenas três vitórias, dois empates e amargou três derrotas, fechando sua curta passagem com 45,83% de aproveitamento.

Mesmo assim, a situação do Atlético-PR na tabela do Campeonato Brasileiro ainda não é preocupante. A equipe está na nona colocação, com 24 pontos, mas está cada vez mais distante do grupo dos quatro primeiros colocados, que se classificam para a próxima edição da Copa Libertadores, e ao fim da 17.ª rodada é composto por Cruzeiro - líder isolado -, São Paulo, Internacional e Corinthians, o quarto, com 31 pontos.

Na 18ª rodada do Brasileirão, o Atlético-PR terá pela frente o Goiás, no próximo domingo, no Serra Dourada. Antes, na próxima quarta-feira, o time enfrentará o América-RN, na Arena das Dunas no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.  

Leia tudo sobre: aposempateatletico-prdemitetécnicodoriva