Pratas em 2013, atletas querem mais neste ano

iG Minas Gerais |

Se as expectativas da Confederação Brasileira são altas, as metas pessoais são ainda mais elevadas. Como muitos judocas acabaram perdendo por pouco em 2013, a vontade de se superar agita ainda mais o grupo brasileiro. Até mesmo Charles Chibana, líder dos meio-leves, vai em busca de seu primeiro ouro em mundiais.

“Para esta minha segunda participação eu quero a medalha, porque estou me preparado para isso. Depois do Mundial do ano passado, eu tentei melhorar o que tinha que melhorar e acertar o que eu havia errado. Neste ano, também passamos um período no Japão treinando. Tudo isso contribuiu para eu chegar aqui amadurecido física, técnica e psicologicamente”, explicou Chibana.

Outra judoca que vive situação parecida é Maria Suellen Altheman, da categoria pesado, que ficou com a prata no ano anterior. Ciente de que para vencer terá de superar a cubana Idalis Ortiz, a brasileira já traçou um planejamento para superar as dificuldades impostas pela rival.

“A Idalis é a minha principal adversária, por isso, a minha preparação é em cima do jogo dela. Tenho trabalhado o lado psicológico também, pois é o que tem feito a diferença quando nos encontramos”, conta ela. (DF)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave