Predomínio do PSDB é argumento dos peemedebistas

iG Minas Gerais |

O prefeito Getúlio Neiva (PMDB) de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, confirmou na semana passada sua adesão ao grupo de Pimenta da Veiga (PSDB) e disse não temer uma retaliação. “Não acredito em nenhuma reação imediata. O PMDB é um partido muito democrático”, disse.

A principal explicação para as “migrações” é a predominância e domínio do PSDB no Estado, “devido aos 12 anos de governo”, segundo um peemedebista. “Esses prefeitos são reféns do grupo político do senador e candidato tucano à Presidência da República, Aécio Neves”, disse. Outro problema foi a decisão do partido de não lançar uma candidatura própria ao governo mineiro.

No PT também há dissidência. O vereador de Ribeirão das Neves, Vitório Júnior, já declarou apoio oficial a Pimenta no início do mês. (IL/LA)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave