Após derrota, Celso Roth deixa comando do Coritiba

No comunicado divulgado neste domingo, a direção do Coritiba agradece o trabalho de Roth no curto período em que ficou no clube

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Celso Roth poderá ganhar os reforços de Robinho e Gil, liberados pelo departamento médico
DOUGLAS MAGNO/VIPCOMM
Celso Roth poderá ganhar os reforços de Robinho e Gil, liberados pelo departamento médico

Depois da derrota para o Palmeiras na noite anterior, o Coritiba anunciou na tarde deste domingo a saída de Celso Roth. Segundo comunicado divulgado pelo clube, a decisão de trocar o comando foi tomada "em comum acordo" com o treinador.

Roth chegou ao Coritiba no começo de abril, para substituir o técnico Dado Cavalcanti, demitido após a eliminação na semifinal do Campeonato Paranaense. Mas ele não conseguiu emplacar uma boa campanha na disputa do Brasileirão.

Com a derrota para o Palmeiras no Pacaembu, o Coritiba ficou estacionado nos 15 pontos, ainda na zona de rebaixamento do Brasileirão - sob o comando de Roth, o time somou três vitórias, seis empates e oito derrotas no campeonato.

No comunicado divulgado neste domingo, a direção do Coritiba agradece o trabalho de Roth no curto período em que ficou no clube, ressaltando que o técnico "dedicou-se intensamente à proposta apresentada quando de sua contratação".

Junto com Roth, o auxiliar técnico Beto Ferreira e o preparador físico Paulo Paixão também deixaram o clube. O Coritiba ainda não definiu os substitutos. O próximo jogo será já nesta quarta-feira, contra o Flamengo, pela Copa do Brasil.

Leia tudo sobre: futebol