Campos são base para mísseis

iG Minas Gerais |

Torcedores do Maccabi Netanya durante jogo-treino, em Israel
Oren Josipovich/divulgação
Torcedores do Maccabi Netanya durante jogo-treino, em Israel

Dividido em duas ligas distintas, uma em Gaza e outra na Cisjordânia, o futebol na Palestina está paralisado. Os palestinos acusam Israel de destruir e impedir a construção de estádios em determinados locais sob a justificativa de estarem em área de disputa, além de servirem como bases para lançamentos de mísseis.

Outra situação é a dificuldade na liberação de vistos para os esportistas palestinos. Recentemente, a imprensa local dava conta do comportamento hostil e incompreensível do Exército israelense a dois atletas das categorias de base do Abu Dis FC, um dos clubes palestinos.

Os jovens jogadores teriam sido baleados nas pernas e mãos, além de espancados e atacados por cães. Segundo o governo de Israel, os atletas teriam envolvimento com os grupos extremistas. (JP)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave