Na flor da idade

No ar na série “A Segunda Vez”, Priscila Sol se distancia da imagem de menina na pele da advogada Ariela

iG Minas Gerais | luana borges |

Ousadia. Priscila conta que, no início, ficou preocupada com as cenas de sexo, mas logo se ambientou
Jorge Rodrigues Jorge/CZN
Ousadia. Priscila conta que, no início, ficou preocupada com as cenas de sexo, mas logo se ambientou

Priscila Sol é a inquietude em pessoa. Falante e animada, ela mantém um ar de menina aos inacreditáveis 34 anos. O jeito despojado, inclusive, costuma render à atriz personagens uma década mais jovens. Como a Sandra, de “Lado a Lado”, e a Paixão, de “Viver A Vida”. Mas, em “A Segunda Vez”, série do Multishow, ela encarna, pela primeira vez, uma mulher com a idade compatível com a sua, a advogada Ariela. “Foi uma descoberta. Vi coisas em mim que eu não conseguia trabalhar atuando e me portar como mulher. Porque, às vezes, eu infantilizava ou fragilizava o olhar para viver uma personagem”, surpreende-se.

Inicialmente, Priscila participou de um teste para viver uma das prostitutas da história. Mas acabou sendo escalada para interpretar a ex-esposa de Raul, protagonista de Marcos Palmeira. Em uma conversa com o diretor César Rodrigues, ela entendeu que foi justamente o fato de transmitir uma imagem de mulher real que favoreceu que a personagem caísse em suas mãos. Por isso, a construção de Ariela foi mais em cima de suas próprias características. “Eu não faço tipo ou mudo a voz só porque ela é uma advogada bem-sucedida”, explica. Na trama, a personagem se separa de Raul logo no primeiro episódio. Mas, mesmo assim, não consegue se desvencilhar de vez do jornalista e percebe que ainda nutre sentimentos por ele. “É uma mulher aparentemente correta, decidida, compreensiva e amiga. Mas é um ser humano normal, que cai em contradição”, destaca.

Apesar de não fazer parte do núcleo da prostituição, Priscila também protagoniza cenas de sexo e nudez em “A Segunda Vez”. Assim que soube que precisaria de tal desprendimento para algumas sequências, a atriz ficou preocupada. Mas logo se tranquilizou no set de gravação. “É tanta marcação, luz, um monte de gente envolvida que eu pensei que, do mesmo jeito que eu estava trabalhando, as outras pessoas também estavam”, simplifica ela.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave