Passos calmos

Em “Malhação”, Ana Ju Dorigon busca trilhar caminho sólido na televisão logo em sua estreia neste universo

iG Minas Gerais | caroline borges |

Possibilidades. Ana Ju Dorigon acredita que a televisão permite experimentar distintas formas de atuação
CZN
Possibilidades. Ana Ju Dorigon acredita que a televisão permite experimentar distintas formas de atuação

Ana Ju Dorigon pauta sua estreia na televisão pela cautela. A intérprete da invejosa vilã Jade, de “Malhação”, aos poucos começa a se ambientar e descobrir a rotina acelerada das novelas. Formada em atuação pela renomada New York Film Academy, nos Estados Unidos, a atriz tem sua breve carreira permeada apenas por produções cinematográficas e teatrais, como o longa “O Vendedor de Passados”. “É uma carga de trabalho muito forte. São cerca de 30 cenas por dia, em ordens diferentes e com emoções distintas. Gravo sequências de choro e de riso no mesmo dia. São picos de emoção”, explica ela, que encontrou na trama infantojuvenil o respaldo ideal para experimentar as mais variadas formas de atuação. “Há espaço para acertar, errar e tentar de novo. É bom ter um local para investir em novas fórmulas”, completa.

Na história de Rosane Svartman e Paulo Halm, Jade é filha da professora de dança Lucrécia, interpretada por Helena Fernandes. A jovem sofre com a pressão da mãe, que deseja realizar, através da filha, seus sonhos frustrados e quer que ela seja famosa a qualquer custo. Competitiva, a personagem não hesita em passar por cima da protagonista Bianca, de Bruna Hamú, sua principal rival. “É um papel com duas facetas. Dentro de casa, tem a história da relação instável com a mãe. Mas também tem o lado ambicioso e invejoso dela com as pessoas na Ribalta, por exemplo”, explica a atriz, referindo-se à fictícia escola de artes da novela.

Com a música de pano de fundo para atual temporada, Ana Ju passou por um período de workshop de dança e canto para dar vida à jovem com múltiplos talentos artísticos. O universo das artes, no entanto, não era estranho para a atriz. Quando criança, ela frequentou aulas de dança e aprendeu a tocar diversos instrumentos musicais, como piano, bateria e guitarra. “Estava afastada há bastante tempo. Por isso, precisei relembrar. São três aulas por semana e de duas horas cada. Aprendemos vários ritmos, como balé clássico, dança contemporânea e stiletto”, ressalta ela, fazendo referência a uma dança em cima do salto que trabalha a postura e o equilíbrio.

Já para compor a personalidade invejosa de Jade, a atriz se baseou em clássicas vilãs de filmes adolescentes norte-americanos, como “Meninas Malvadas” e “O Diabo Veste Prada”. “Jade é desse universo de ensino médio. Cresci assistindo a esse estilo de história. É algo introjetado na gente. Não precisei ir muito longe”, afirma.

Aos 20 anos, esta foi a segunda vez que a jovem natural de Campinas fez testes para o folhetim adolescente. Após uma temporada nos Estados Unidos, concluindo os estudos e participando de produções independentes, a atriz decidiu voltar ao Brasil e investir com mais afinco na televisão. “‘Malhação’ faz parte de uma geração. Grandes nomes da TV começaram lá. Vou dar o meu melhor para ter mais oportunidades assim”, valoriza ela, que passou por uma bateria de testes até ser confirmada no papel de Jade. “Foram quase três meses entre provas e workshops. Cheguei até a fazer testes para a mocinha Bianca”, revela.

Perfil Nome completo:

Ana Júlia Dorigon

Data de nascimento:

27 de julho de 1994

Local de nascimento:

Campinas (SP)

Signo: Leão

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave