Diego Cavalieri não treina e desfalca o Fluminense no domingo

Goleiro sentiu uma uma gastroenterite e foi cortado do confronto com o Sport, que acontecerá neste domingo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

RJ - BRASILEIRÃO/FLUMINENSE X ATLÉTICO-MG - ESPORTES
RJ - BRASILEIRÃO/FLUMINENSE X ATLÉTICO-MG - ESPORTES - O goleiro Diego Cavalieri do Fluminense após sofrer o segundo gol do Atlético- MG em partida da 37ºrodada do Campeonato Brasileiro 2013, no estádio do Maracanã, zona norte do Rio de Janeiro. O jogo terminou empatado em 2 a 2.
 
Foto: ALEXANDRE LOUREIRO/INOVAFOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
RJ - BRASILEIRÃO/FLUMINENSE X ATLÉTICO-MG - ESPORTES RJ - BRASILEIRÃO/FLUMINENSE X ATLÉTICO-MG - ESPORTES - O goleiro Diego Cavalieri do Fluminense após sofrer o segundo gol do Atlético- MG em partida da 37ºrodada do Campeonato Brasileiro 2013, no estádio do Maracanã, zona norte do Rio de Janeiro. O jogo terminou empatado em 2 a 2. Foto: ALEXANDRE LOUREIRO/INOVAFOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Em péssima fase na temporada, o Fluminense terá que superar um novo obstáculo para voltar a vencer diante do Sport, neste domingo, no Maracanã, pela 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O goleiro Diego Cavalieri não treinou neste sábado por conta de uma gastroenterite e foi cortado do confronto.

Diego Cavalieri não participou da atividade realizada no campo da Escola de Educação Física do Exército, na Urca, mas não foi a única ausência. Perseguido pela torcida pela péssima fase que atravessa, o atacante Fred também não participou do treinamento. Ele, no entanto, está confirmado para a partida.

"Fred amanheceu sentindo dores no corpo e com suspeita de virose. Em razão disso, foi poupado do treino deste sábado e não deverá ser problema para o jogo de amanhã", disse o médico Douglas Santos. "O caso do Diego Cavalieri é mais complexo. Devido a uma gastroenterite está fora do jogo de amanhã."

O Fluminense não vence há três partidas no Brasileirão e caiu para quinto na tabela, com 26 pontos. O clima tenso no clube foi ampliado pelo comportamento de alguns torcedores, que durante a semana receberam os jogadores no aeroporto com agressões e ameaças. Liderados por Fred, os atletas chegaram a dizer que podiam não entrar em campo no domingo, mas depois descartaram a possibilidade.  

Leia tudo sobre: fluminensegoleirodiego cavalieridesfalque