Náutico supera América-RN e emplaca terceira vitória seguida

Timbu confirmou evolução no campeonato e mostrou que vai brigar pelo G-4 no returno da Série B

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Náutico emplacou a sua terceira vitória seguida, todas sob o comando do técnico Dado Cavalcanti, ao bater o América-RN, por 2 a 1, neste tarde, na Arena Pernambuco, pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com isso, a equipe pernambucana chegou aos 27 pontos, em oitavo lugar. O time potiguar, que vinha de derrota em casa para a Ponte Preta, por 2 a 0, perdeu de novo e continua com 23 pontos, em 14.º lugar.

Mais ligado, o Náutico tentou ir à frente. E aproveitou um dos descuidos da saída de bola do visitante para abrir o placar, aos 20 minutos. Roberto Dias perdeu a bola na saída para Paulinho, que imprimiu velocidade e bateu. A bola desviou no zagueiro e encobriu o goleiro Andrey.

Aos poucos, porém, o América-RN melhorou, explorando mais as laterais do campo. O empate saiu aos 41 minutos. Val lançou Rodrigo Pimpão pelo lado direito e ele cruzou rasteiro. Na pequena área, Max se antecipou à marcação e desviou. Ele comemorou, mas a arbitragem anotou gol contra de Rafael Cruz, que ainda tocou na bola por último.

Nos acréscimos, o time americano perdeu chance de virada, quando Max foi lançado pela direita e cruzou para o outro lado, onde Val e Wanderson trombaram no momento da finalização.

No segundo tempo, o Náutico voltou mudado com as entradas de Raí na vaga de Roberto e do argentino Cãnete no ataque na vaga do inoperante Tadeu. Mas o América-RN voltou muito bem distribuído em campo, para tentar seu gol na velocidade.

O Náutico, porém, dominou o setor de meio de campo e conseguiu marcar o segundo gol aos 18 minutos. Vinícius recebeu na grande área, fez uma bela finta de corpo em cima de Cléber e bateu no ângulo. Um golaço.

O time da casa continuou dominando as ações dentro de campo e não permitiu que o América-RN criasse chances para ameaçar o goleiro Júlio César. Vitória justa. Por precaução, no fim Dado Cavalcanti ainda tirou o atacante Marinho para a entrada do volante Marcone.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado. O Náutico vai até Campinas enfrentar a Ponte Preta, às 16h10. À noite, a partir das 21 horas, na Arena das Dunas, o América-RN vai receber o Paraná.

FICHA TÉCNICA:

NÁUTICO 2 X 1 AMÉRICA-RN

NÁUTICO - Júlio César; Rafael Cruz, Edvânio, Flávio e Roberto (Raí); João Ananias, Paulinho e Vinícius; Marinho (Marcone), Sassá e Tadeu (Cãnete). Técnico: Dado Cavalcanti.

AMÉRICA-RN - Andrey; Marcelinho, Cléber, Roberto Dias e Wanderson; Márcio Passos, Val, Paulo Henrique (Paulinho) e Morais (Daniel Costa); Rodrigo Pimpão e Max (Alfredo). Técnico: Oliveira Canindé.

GOLS - Paulinho, aos 20, e Rafael Cruz, contra, aos 41 minutos do primeiro tempo. Vinícius, aos 18 minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Renato Cardoso da Conceição (MG). CARTÕES AMARELOS - Vinícius, Flávio e Roberto (Náutico). Morais, Val, Paulo Henrique, Daniel Costa e Max (América-RN). RENDA - R$ 282.170,00. PÚBLICO - 11.239 presentes. LOCAL - Arena Pernambuco, em Recife (PE).

Leia tudo sobre: nauticotimbuamerica-rnfutebolserie b