Mulher agredida com cotovelada deixa UTI em Sorocaba

Agressão, após uma discussão banal na saída de um baile, no dia 16 deste mês, foi gravada pela câmera de segurança de um estabelecimento comercial

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A auxiliar de produção Fernanda Regina César Santiago, de 30 anos, agredida com uma cotovelada em São Roque no dia 16, por um conhecido, deixou neste sábado a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Sorocaba, em São Paulo. Ela foi transferida para a enfermaria do hospital, mas seu estado ainda é grave, segundo a administração. Os médicos aguardam a evolução do quadro da paciente para decidir se ela precisará passar por cirurgia.

A agressão, após uma discussão banal na saída de um baile, foi gravada pela câmera de segurança de um estabelecimento comercial. Fernanda caiu e bateu a cabeça na calçada após ser atingida violentamente no rosto. O agressor, o comerciante Anderson Tingo de Oliveira, de 34 anos, foi indiciado por tentativa de homicídio e continuava preso temporariamente na cadeia pública de São Roque. Seu advogado entrou com pedido de liberdade provisória que, até o início da tarde, não tinha sido analisado pela Justiça.

A Polícia Civil vai ouvir novamente as testemunhas que disseram não terem visto a agressão. As imagens mostram que pelo menos duas pessoas estavam a poucos passos e presenciaram o ato de violência. Anderson alegou que apenas empurrou a mulher, após ser ofendido por ela.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave