Brandão será julgado pela Justiça comum por agressão

Atacante do time francês Sporting Bastia pode ser preso, multado e proibido de participar de competições esportivas, após ter dado uma cabeada no voltante brasileiro Thiago Motta, do Paris Saint-Germain, em jogo da semana passada

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Imagens do circuito interno de TV do estádio mostra o momento exato em que o brasileiro acerta uma cabeçada no rosto de Motta
Reprodução
Imagens do circuito interno de TV do estádio mostra o momento exato em que o brasileiro acerta uma cabeçada no rosto de Motta

O brasileiro Brandão está cada vez mais enrolado por causa da cabeçada que deu em Thiago Motta após o jogo entre o seu time, o Bastia, e o Paris Saint-Germain. Ele vai ser julgado na Justiça comum na França pela agressão e pode até ser condenado à prisão. Na última sexta-feira (22), o atacante ficou detido por algumas horas e acabou intimado a comparecer a um tribunal da capital francesa para ser julgado.

Brandão é acusado de ato violento com premeditação. Isso porque, no sábado passado (16), depois de encerrada a partida entre as duas equipes - vitória do PSG por 2 a 0 -, ele esperou no vestiário por Thiago Motta, com quem havia discutido em campo, e o agrediu com uma cabeçada. O volante, brasileiro naturalizado italiano, fraturou o nariz.

Além do risco de ser condenado à prisão, Brandão pode ser multado e proibido de participar de competições esportivas por algum tempo. Ele já cumpre suspensão imposta pela liga que organiza o Campeonato Francês, que o proibiu de jogar até o dia 18 de setembro. O Bastia também decidiu afastá-lo temporariamente.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave