Estádio do Shakhtar Donetsk, clube do atacante Bernard, é bombardeado

De acordo com o Shakhtar, foram duas poderosas explosões na parte nordeste do estádio; conflitos já haviam levado clube a mudar sua sede para a capital Kiev

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Bernard vai usar a camisa 10 no novo clube
Divulgação
Bernard vai usar a camisa 10 no novo clube

A Donbass Arena, estádio do Shakhtar Donetsk, foi bombardeada neste sábado (23), informou o clube ucraniano em seu site oficial. Nenhum dos funcionários do estádio ficou ferido.

De acordo com o Shakhtar, foram duas poderosas explosões na parte nordeste do estádio. Na última quinta, o clube precisou publicar em seu site fotos da Donbass Arena para negar os boatos de um bombardeio no local.

A cidade está localizada no leste da Ucrânia, região mais atingida pela guerra civil que envolve separatistas pró-Rússia.

Os conflitos já haviam levado o Shakthar a mudar sua sede para a capital Kiev no início desta temporada. Seis jogadores não se reapresentaram para a realização da pré-temporada. Entre eles, Dentinho, Alex Teixeira, Douglas Costa e o argentino Facundo Ferreyra. Bernard também atrasou sua chegada à cidade por medo dos conflitos.

Neste sábado, o Shakhtar Donetsk enfrenta o Obolon-Brovar, fora de casa, pela Copa da Ucrânia.

Folha Press

Leia tudo sobre: UcrâniaconflitoataquebombaexplosãoShakhtar DonetskclubeBernardGaloAtléticofutebol