Um atacante literalmente estrelado

Dagoberto tem brilhado em momentos decisivos desde que chegou ao clube celeste em 2013

iG Minas Gerais | Bruno Trindade |

Decisivo. Dagoberto foi fundamental ao sair do banco e fazer o gol da vitória sobre o Grêmio
Douglas Magno – 21.8.2014
Decisivo. Dagoberto foi fundamental ao sair do banco e fazer o gol da vitória sobre o Grêmio

Se fosse escolhida uma palavra para definir o futebol do atacante Dagoberto, seria “diferenciado”. Durante os treinos, o avante se destaca pela qualidade, pelo toque refinado, pela visão de jogo e pela eficiência nas finalizações e nas cobranças de pênaltis. Nos jogos, ele reafirma essa competência, decidindo em momentos importantes para o Cruzeiro. Mesmo não sendo titular nas últimas partidas, o camisa 11 tem mostrado toda a sua importância para o elenco celeste. A experiência do atleta, aliada a um passado repleto de conquistas, como os quatro títulos nacionais, fazem dele uma arma poderosa na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro. Contra o Grêmio, a estrela do jogador brilhou mais uma vez, e ele marcou o gol que definiu a vitória e a disparada na ponta da tabela, com cinco pontos de vantagem para o vice-líder, Internacional. “Fico bastante feliz pelo gol, principalmente porque foi importante, deu mais uma vitória ao time. Seguirei trabalhando firme para continuar ajudando o Cruzeiro a lutar pelas primeiras posições”, declarou Dagol. O volante Lucas Silva ressaltou o poder de decisão do companheiro. “A gente até brinca que é a estrela que ele tem. É um cara para a gente se espelhar. Mesmo no banco, ele não perdeu o foco, não deixou cair o ritmo, continuou treinando e sabia que ia ser útil. Contra o Grêmio, a estrela dele brilhou novamente”, afirmou. Apesar das “altas credenciais” do jogador, o técnico Marcelo Oliveira justificou a opção por deixá-lo no banco e disse que ele tem condições de assumir a titularidade. “Converso com todos sempre com intuito de conscientizar de que temos um grupo forte. Um jogador de qualidade vai estar fora até do banco e pode estar escalado no próximo jogo. Todos são importantes. O Dagoberto é importante e criativo. Tem outros jogadores que marcam e recompõem mais. Porém, esse negócio de suplência e titularidade, não tem importância, porque o jogador pode entrar e decidir”, analisou. O treinador disse ainda que não tem tido nenhum problema de insatisfação do camisa 11 pelo fato de ele permanecer na reserva. “Dagoberto sempre se comportou de forma profissional. Cabe ao técnico escalar e ser coerente. Quando você tem um grupo de qualidade semelhante, às vezes um jogador de qualidade fica fora, mas pode ganhar titularidade no próximo jogo”, concluiu.

Volante Tinga sofre fratura na perna direita em treino A reapresentação do Cruzeiro, nesta sexta, após vitória importante sobre o Grêmio, teve um lance triste. O volante Tinga fraturou a perna direita durante o treino técnico entre os jogadores que não foram aproveitados ou entraram no segundo tempo da partida contra o time gaúcho. Um dos mais queridos e respeitados atletas do elenco cruzeirense, o meio-campista dividiu bola com o goleiro Rafael e sofreu a lesão em um lance normal. O fato deixou todo o grupo comovido, e, como estava diretamente envolvido no lance, Rafael deixou o gramado do CT chorando. Tinga precisou ser levado de ambulância ao Hospital Life Center, em Belo Horizonte, onde será submetido a uma cirurgia hoje de manhã.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave