Presidente do PSB diz que partido sem conflito é 'partido stalinista'

Nesta quinta-feira (21) um dos responsáveis pela articulação política e mobilização da campanha, Milton Coelho, abandonou o partido após a saída de Carlos Siqueira, que era coordenador do projeto de Campos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O presidente do PSB, Roberto Amaral, disse na noite desta sexta-feira, logo após protocolar no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) o pedido de registro de candidatura de Marina Silva, que têm orgulho de fazer parte de um partido com divergências, uma vez que "partido unânime é partido stalinista, e isso é a coisa pior do mundo".

Desde que assumiu a candidatura, Marina viu o então coordenador de campanha de Eduardo Campos e secretário-geral do PSB, Carlos Siqueira, deixar o posto alegando que a nova candidata o tratou de maneira grosseira, estava querendo "mandar" em seu partido. Ele ainda acusou Marina de querer indicar nomes de sua confiança sem discutir com a legenda.

Nesta quinta-feira (21) um dos responsáveis pela articulação política e mobilização da campanha, Milton Coelho, também abandonou a campanha e disse a colegas do partido que seu compromisso era com Eduardo Campos.

"Isso é processo da política, tenho orgulho que meu partido tenha divergências, luto para que seja um partido de ideias, de conflitos de ideias, mas de unidade na ação. Partido unanime é partido stalinista e isso é a coisa pior do mundo", disse.

O presidente ainda comentou que Marina, pelo menos com ele, está tendo um bom trato e não está querendo "mandar" no PSB. "Eu estou falando como presidente, pode ser que com outras pessoas ela possa ter tido outra atitude, agora, eu representando o partido não tenho tido nenhuma dificuldade com ela".

Registro

Com o enviou do pedido de registro de candidatura ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a corte deverá publicar, entre amanhã (23) e segunda-feira (25), o edital que abre prazo de cinco dias para eventuais impugnações da candidatura.

A expectativa de ministros do TSE é que, caso não exista nenhum problema com o registro, como impugnações ou falta de documentos, o pedido deverá ser julgado pela corte na primeira semana de setembro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave