Suspeito de matar servidor da Câmara retorna a Centro Socioeducativo

Jovem havia fugido na última quarta-feira, enquanto participava de uma atividade externa na cidade de Rio Acima; ele se reapresentou à unidade e será encaminhado à Justiça para prestar esclarecimentos

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Suspeito estava internado no Centro Socioeducativo do Horto
REPRODUÇÃO / GOOGLE MAPS
Suspeito estava internado no Centro Socioeducativo do Horto

O jovem suspeito de matar um funcionário da Câmara Municipal de Belo Horizonte, no bairro Buritis, região Oeste da capital, em janeiro deste ano, se reapresentou no Centro Socioeducativo do Horto, na região Leste da capital, na manhã desta sexta-feira (22). A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), que informou que o jovem deve ser encaminhado à Justiça para prestar esclarecimentos.

Gustavo Felipe Sales, de 18 anos, havia fugido na última quarta-feira (20), enquanto participava de uma atividade externa na cidade de Rio Acima, na região metropolitana de Belo Horizonte. Ele e outros cinco internos estavam em uma oficina de fotografia, acompanhados por sete agentes socioeducativos. As circunstâncias em que o rapaz fugiu ainda não foram esclarecidas.

O caso

No dia 28 de janeiro deste ano, o adolescente, na época com 17 anos, tentou levar o carro da vítima, que reagiu arrancando com o veículo e acabou sendo baleada na cabeça.

Na ocasião, o delegado Alexandre Oliveira da Fonseca, da Delegacia de Homicídios do Barreiro, que acompanhou o caso, declarou que Christiano D'Assunção Costa, de 34 anos, tinha acabado de sair da academia depois da natação e entrado em um Gol prata para ir para casa. Quando ligou o carro, foi surpreendido pelo adolescente. A vítima tentou arrancar com o veículo, mas acabou levando um tiro na cabeça.

As informações apresentadas no inquérito levantaram a suspeita que o rapaz, que tinha um carro idêntico ao da vítima, tentou roubá-lo para usar as peças no conserto do próprio veículo. O Gol que pertencia ao adolescente estava em uma oficina, depois de se envolver em uma batida, em Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte e ele estaria sem dinheiro para arcar com as despesas do conserto.

Após o crime, o adolescente desistiu de levar o carro e voltou ao outro veículo no qual havia chegado ali. Era um Ford Fiesta prata com os vidros escuros que estava parado a alguns quarteirões do local do crime. Ele fugiu, mas foi filmado por algumas câmeras de segurança do bairro Buritis. Por meio da placa do veículo usado na fuga, a polícia conseguiu encontrar o suspeito. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave