Nilton ataca de DJ e embala rotina na Toca II e nos jogos da Raposa

Volante celeste usa um Ipod de 16 gigas para armazenar músicas que agradem os gostos de todo o elenco

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Nilton também pensa em
WEBREPÓRTER/ GUILHERME GUIMARÃES
Nilton também pensa em "recompensar" companheiro que se destacar nos jogos com música preferida na "Caixa do Niltão"

O calendário do futebol brasileiro é apertado, com muitos treinos, jogos no meio e no fim de semana, além da tão criticada, mas necessária, concentração. Rotina de um jogador de futebol que fica bastante tempo longe da família e mais perto dos companheiros de clube. Para tornar essa convivência melhor, o volante Nilton encontrou uma forma diferente para animar os bastidores cruzeirenses.

Com uma potente caixa de som, que pode ser empurrada como um carrinho de mão, o volante se transforma em uma espécie de DJ "ambulante".

"Tem que descontrair o ambiente um pouco. Ficamos longe de casa, da família e tem a turma toda para animar. Acabei comprando essa caixa de som para brincar um pouco. Tem karaoquê, e na concentração o pessoal fica cantando. Depois das 22h, o Marcelo (Oliveira) fica querendo dormir, mas o Egídio, Dedé e o Tinga cantam alto e o treinador manda desligar para todo mundo dormir. É uma festa só. Nosso grupo é unido, companheiro, amigo. O importante é levar para dentro de campo essa felicidade", comentou.

Eclético, Nilton usa um Ipod para armazenar os arquivos musicais. O aparelho eletrônico, segundo o próprio meio-campista, tem capacidade para mais de dez mil canções.

"Ficamos indecisos para escolher músicas. Mas cada um tem um estilo de preferência. Dedé e o Egídio, que são do Rio de Janeiro, ouvem funk. Tem o Léo, o Mayke que são daqui (Minas Gerais) e curtem sertanejo, tem quem ouça forró. Tenho que tentar atender a todos", brinca Niltão, que pensa em iniciar uma brincadeira nova a partir de agora.

O camisa 19, quem sabe, deixará o companheiro que se destacar nos jogos pedir música na "Caixa do Niltão". Uma alusão ao que acontece no programa dominical Fantástico, da TV Globo. A atração reserva ao atleta que marcar três gols em um mesmo jogo durante o fim de semana o direito de pedir a sua música preferida.

"Não cheguei a pensar nessa ideia, que é muito boa. A caixa tem microfone e dentro do vestiário mesmo o pessoal poderá pedir música, para descontrair, brincar. E, sem sombra de dúvida, quebrar essa tensão do campeonato de pontos corridos", disse.

Segundo Nilton, Dedé e Dagoberto poderão estrear a brincadeira, já que foram decisivos para a vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio. O zagueiro, bem ao estilo lateral, cruzou na medida para Dagoberto, que testou a bola no fundo das redes gremistas.

Leia tudo sobre: volanteniltoncruzeirodjanimatime