Abdelmassih é condenado a indenizar casal de irmãos por troca de sêmen

A Justiça decidiu que cada um dos irmãos devem receber uma indenização de R$ 250 mil por danos morais; o sêmen utilizado no tratamento que gerou o casal não era compatível com o do pai; o material genético da mãe, sim

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

José Patrício/ae - 17.8.2009
undefined

O ex-médico Roger Abdelmassih, de 70 anos, foi condenado a pagar indenização de R$ 500 mil a um casal de irmãos gêmeos que foram gerados na clínica do ex-médico, por ter usado sêmen de um desconhecido no tratamento de fertilização dos pais.

Os irmãos, que hoje têm 20 anos, entraram com ação judicial em segredo de Justiça quando descobriram a troca. Exames concluíram que o sêmen utilizado no tratamento que os gerou não era compatível com o do pai; o material genético da mãe, sim.

O casal decidiu entrar com o processo após os primeiros boatos sobre o médico em 2009.

De acordo com o advogado das vítimas Luiz Fernando Nubile Nascimento, o médico usou o material genético de um desconhecido sem o consentimento e autorização dos pais do casal.

A Justiça decidiu que cada um dos irmãos devem receber uma indenização de R$ 250 mil por danos morais. Abdelmassih negou a acusação e a decisão cabe recurso.