Restos mortais de vítimas do MH17 chegam à Malásia

Os corpos chegaram a bordo de um avião da Malaysia Airlines designado especialmente para o traslado e foram recebidos em uma cerimônia solene

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Leste ucraniano. Queda do voo MH17 da Malaysia Airlines pode ser considerada crime de guerra
Dmitry Lovetsky/ap - 17.7.2014
Leste ucraniano. Queda do voo MH17 da Malaysia Airlines pode ser considerada crime de guerra

Os restos mortais de 20 malaios que morreram na queda do voo MH17 da Malaysia Airlines no leste da Ucrânia, em 17 de julho, chegaram ao país nesta sexta-feira (22).

Os corpos chegaram a bordo de um avião da Malaysia Airlines designado especialmente para o traslado e foram recebidos em uma cerimônia solene. O governo pediu à população que se vestisse de preto e reservasse um minuto de silêncio e oração para honrar as vítimas.

As 298 pessoas que estavam a bordo do voo MH17 morreram quando a aeronave foi derrubada no leste da Ucrânia, uma região controlada por separatistas pró-Rússia. O avião ia de Amsterdã a Kuala Lumpur.

Entre as vítimas havia 43 malaios e 195 holandeses.

Leia tudo sobre: Malaysia Airlinesacidente aéreomundoucrâniaconfrontorússiaholanda