Opinião

iG Minas Gerais |

Tempo ruim para Marcão Universal (PSDB), Klebinho Rezende (PTB), Carlim Amigão (DEM), Erasmo da Academia (PDT) e Eliseu Xavier (PTB). Com o objetivo de defenderem o colega Sapão (PSB), candidato a deputado estadual acusado por um colega do próprio partido de ter desviado verbas de uma ONG, os vereadores rasgaram a conduta ética. Ao fazerem propaganda eleitoral e pedirem votos na reunião plenária da Câmara na terça (19), eles teriam cometido, segundo especialista, crime eleitoral, improbidade administrativa e quebra do decoro parlamentar. O MP está de olho! 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave