Brasil se recupera e bate a China

Apesar da vitória, o técnico José Roberto Guimarães sinaliza que o time ainda precisa de alguns ajustes

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |


Vitória.
 
Após sofrer contra a Turquia, Brasil aplica 3 a 0 na China e segue na luta pelo título do torneio
FIVB/Divulgação
Vitória. Após sofrer contra a Turquia, Brasil aplica 3 a 0 na China e segue na luta pelo título do torneio

A seleção brasileira feminina de vôlei deixou para trás a derrota sofrida para a Turquia, na estreia da fase final do Grand Prix, e se recuperou com vitória sobre a China, por 3 a 0 (25/13, 25/17 e 25/17), em jogo realizado na madrugada de ontem, em Tóquio.  

Com o resultado, o Brasil chegou aos quatro pontos, ultrapassando as adversárias asiáticas, que somam três. A liderança é do Japão, com seis pontos.

A atuação do Brasil foi bem superior à do dia anterior, e a evolução foi destacada pelas jogadoras. “A partida contra a Turquia foi atípica, e o nosso jogo não funcionou. Nesse segundo jogo, colocamos a cabeça no lugar e sabíamos da importância desse confronto. Fizemos uma boa partida e espero que, daqui para a frente as vitórias continuem saindo. O time jogou com alegria e estava mais solto em quadra”, comenta a ponta Jaqueline, eleita a melhor atleta em quadra. Ela anotou 15 pontos, assim como sua companheira de posição Fernanda Garay.

Apesar da vitória, o técnico José Roberto Guimarães sinaliza que o time ainda precisa de alguns ajustes. De toda forma, ele já viu importante crescimento no desempenho de suas jogadoras.

“Ainda cometemos alguns erros, mas o nosso passe e a marcação de bloqueio evoluíram. Esse é o caminho que precisamos seguir, sempre melhorando nosso jogo. Estamos sem muito tempo para treinar em função do horário das partidas, portanto foi importante mostrarmos uma recuperação rápida depois da primeira derrota”, indica. Na madrugada de hoje, o Brasil enfrentaria, às 3h, a Bélgica, que ainda não venceu nesta fase final. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave