Ex-médico se irrita com suas vítimas

A manifestação das vítimas indignou Abdelmassih

iG Minas Gerais |

SÃO PAULO. A presença das mulheres que o acusam da série de crimes sexuais no aeroporto de Congonhas o incomodou. “Elas têm um blog (que recebia denúncias). Eu acho que vocês deveriam dar um basta nelas. Dar um tchau para elas”, disse o ex-médico aos policiais. Elas foram ao aeroporto para protestar contra o ex-médico e o chamaram de “maníaco”. A manifestação das vítimas indignou Abdelmassih. “Isso é um absurdo!” Um dos policiais presentes não entendeu a queixa: “Como é que é?”. O ex-médico continuou inquieto. “Essas meninas. Podem ficar aí assim? Podem ficar livres assim, desse jeito? Essas cinco”, disse. O policial, então, respondeu: “Ah, podem. Aeroporto é lugar público. Não tem como proibir.” Tereza Cordioli, uma das mulheres que denunciaram Abdelmassih, disse que não vai recuar. “Eu tenho medo, mas ele não vai conseguir dar um basta em nós”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave