Avião de Campos pode ter caído de "barriga para cima"

BBC Brasil pediu a especialistas no assunto para analisar o vídeo que mostra a aeronave ainda no céu, pouco antes de sua queda

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O avião caiu na manhã de 13 de agosto, no bairro Boqueirão, na região central de Santos (litoral de São Paulo), matando o candidato e outras seis pessoas
Reprodução/Youtube
O avião caiu na manhã de 13 de agosto, no bairro Boqueirão, na região central de Santos (litoral de São Paulo), matando o candidato e outras seis pessoas

Segundo matéria publicada pela BBC Brasil, há a possibilidade de a queda do avião Cessna, no litoral de São Paulo, no último dia 13, ter sido provocada por um erro do piloto. A aeronave pode ter caído na posição invertida, o que indicaria o erro humano.

A BBC Brasil pediu a especialistas em aviação para analisar o vídeo que mostra a aeronave ainda no céu, pouco antes de sua queda. O especialista em aviação Jean Serrat, ex-piloto da Air France e ex-vice presidente do Sindicato Nacional dos Pilotos de Linha (SNPL) da França, acredita que o avião estava invertido pouco antes da queda e ressalta que, se isso ocorreu, foi erro de pilotagem. Segundo o piloto “é possível pensar que na hora de arremeter, o avião estivesse a uma velocidade muito baixa em relação ao seu peso”. Para ele, a hipótese é ainda mais provável se o piloto estivesse fazendo uma curva para mudar a trajetória”.

"Uma asa do avião pode ter perdido a sustentação, fazendo com que o avião virasse e ficasse em posição invertida, caindo de costas em alta velocidade", afirma o especialista. “Como a altitude era muito baixa, o piloto não tinha mais tempo para retomar o controle e fazer manobras para recuperar o voo”, completa o ex-piloto.

“Ou o piloto não fez os procedimentos corretos com o flat da asa ou não estava na velocidade adequada no momento de arremeter o avião. O avião caiu em grande velocidade e com ângulo de descida muito superior ao normal”, acrescenta.

A BBC Brasil também ouviu Gérard Arnoux, ex-presidente do Sindicato dos Pilotos da Air France (SPAF), que realizou investigações paralelas sobre o acidente com o voo Rio-Paris da companhia aérea, em 2009. Para ele, o piloto do Cessna que transportava Campos “perdeu o controle” da aeronave. “O avião caiu com uma inclinação muito forte e com velocidade muito elevada.”

Mas diferentemente de outros especialistas ouvidos pela BBC Brasil, Arnoux diz não achar, ao observar as imagens do vídeo, que o avião estivesse invertido no momento da queda.

Após assistir ao vídeo, o especialista americano Peter Goelz, ex-diretor da National Transportation Safety Board (NTSB), agência responsável pela investigação de acidentes aéreos nos EUA, também destacou o fato de o avião parecer estar invertido. “Parece que o piloto perdeu completamente o controle”, diz Goelz. Ao comentar a hipótese de desorientação espacial do piloto, o americano diz que “é possível ocorrer”, mas salienta que, “em um avião como o Citation, que tem sistemas de controle de voo muito sofisticados, é pouco provável que seja apenas isso”.

Segundo especialistas, desastres aéreos costumam ser resultado de um conjunto de fatores.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave