Brandão é suspenso por dar cabeçada em Thiago Motta

Atacante não poderá atuar até o dia 18 de setembro; agressão provocou uma fratura no jogar do PSG

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

A comissão disciplinar da lista que organiza o Campeonato Francês decidiu suspender provisoriamente o atacante brasileiro Brandão, do Bastia, por causa da cabeçada dada por ele em Thiago Motta, do Paris Saint-Germain, no sábado. O ítalo-brasileiro sofreu uma fratura no nariz por causa da agressão.

O advogado de Brandão, Olivier Martin, anunciou que o jogador não poderá disputar nenhuma partida até o dia 18 de setembro, quando é esperado o fim do processo que determinará a punição definitiva. Brandão esteve na sede da liga, mas não falou com a imprensa.

Depois da derrota do Bastia por 2 a 0 diante do PSG, pelo Campeonato Francês, Brandão esperou Thiago Motta no túnel do vestiário do Estádio Parque dos Príncipes, onde desferiu a cabeçada. A agressão, testemunhada por várias pessoas, também foi registrada pelas câmeras de segurança da arena. Thiago Motta ficou com o rosto ensanguentado e, mais tarde, a fratura no nariz foi diagnosticada. Ele não revidou a agressão.

Segundo o regulamento da liga, a punição definitiva para o brasileiro poderia chegar a até dois anos, caso Thiago Motta tivesse mais do que oito dias de afastamento. Mas o jogador do PSG treinou normalmente durante a semana e está na lista de relacionados para a partida de sexta-feira, contra o Evian, pela terceira rodada do Campeonato Francês.  

Leia tudo sobre: futebolbrandaopsgsuspensao