Mulher de Abdelmassih deixou Paraguai no dia da prisão

O ex-médico foi preso em operação conjunta entre as polícias brasileira e paraguaia, quando buscava os filhos gêmeos na escola, em Assunção, capital do Paraguai

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A mulher do ex-médico Roger Abdelmassih, a ex-procuradora da República Larissa Maria Sacco, de 37 anos, deixou o Paraguai, rumo ao Brasil, na mesma noite da prisão do ex-médico, na terça-feira, 19. A bordo do utilitário Kia Carnival da família, Larissa entrou no Brasil via Ciudad del Este, na fronteira com o Paraguai.

Roger Abdelmassih foi preso em operação conjunta entre as polícias brasileira e paraguaia, quando buscava os filhos gêmeos na escola, em Assunção, capital do Paraguai. O fugitivo vivia numa casa em Villa Morra, bairro de classe média alta da capital paraguaia. Ele foi condenado, em 2010, por 48 estupros a 37 mulheres.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave