Michael Phelps luta contra a 'ferrugem' no Pan-Pacífico

Multicampeão olímpico estava inicialmente inscrito para cinco provas, mas já desistiu de duas (100 metros costas e 200 metros livre)

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Michael Phelps está de volta a uma competição internacional, a primeira desde a Olimpíada de Londres, em 2012
COI/DIVULGAÇÃO/FINA
Michael Phelps está de volta a uma competição internacional, a primeira desde a Olimpíada de Londres, em 2012

Michael Phelps está de volta a uma competição internacional, a primeira desde a Olimpíada de Londres, em 2012. O norte-americano, que disputou o Campeonato Nacional na semana passada e não conseguiu nenhuma vitória, disputará o Torneio Pan-Pacífico, na cidade de Gold Coast, na Austrália.

Phelps estava inicialmente inscrito para cinco provas, mas já desistiu de duas (100 metros costas e 200 metros livre), que foram disputadas nesta quarta-feira, dia de abertura. Assim, estreia nesta quinta, nos 100 metros livre - as eliminatórias começam às 21 horas (de Brasília), e as finais serão às 6 horas desta sexta. Na sexta à noite, ele compete nos 100 metros borboleta, prova em que lidera o ranking mundial (51s17). No sábado, nada os 200 metros medley quando encontrará Ryan Lochte e Thiago Pereira.

De acordo com o técnico Bob Bowman, a disputa do Pan-Pacífico é o “passo dois” do retorno de Phelps à natação - o primeiro foi conseguir se qualificar à seleção norte-americana, o que ocorreu no Nacional realizado em Irvine, na semana passada. Assim, o recordista está apto a nadar no Mundial do ano que vem, na China e entrar na briga pela classificação aos Jogos Olímpicos do Rio em 2016.

No Pan-Pacífico, torneio que reúne nadadores de Estados Unidos, Austrália, Japão, Canadá, Brasil e mais 10 países, o desafio de Phelps é alcançar as finais. Apenas os dois melhores de cada nação podem entrar na disputa por medalhas. Nos 100 metros livre por exemplo, estão inscritos sete nadadores norte-americanos.

Por isso, Phelps prefere controlar a expectativa. Ao ser questionado sobre o número de finais que alcançaria, brincou: “Nossa, acho que vocês estão esperando muito de mim”, afirmou, bem-humorado. Bowman explica que o objetivo de seu pupilo, agora é melhorar suas marcas da temporada.

O nadador está especialmente descontente com seu desempenho no estilo livre e com as viradas, que acabaram comprometendo sua atuação no Nacional. “Tenho trabalhado em coisas básicas e espero que tragam uma grande melhora”, afirmou. “No Nacional, eu errei muito, cometi erros de quando eu tinha 11 ou 12 anos”.

Apesar de toda a carreira vitoriosa, Phelps diz que os erros são um sinal de que está “enferrujado”. “Provavelmente é porque não nadei muito no último ano. Eu odeio perder, mas sei que não vou voltar de uma hora para outra. Mas é melhor errar agora do que na preparação para o Mundial (em 2015) e a Olimpíada”.

Leia tudo sobre: nataçãophelpspan-pacífico