'Martelinho de ouro' é preso com armas em chácara de Ravena

Homem assumiu posse de duas espingardas polveiras e uma garrucha calibre 28; caseiro também foi conduzido à delegacia

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um homem de 54 anos foi preso, no fim da noite dessa quarta-feira (20), por porte ilegal de arma em Ravena, na região metropolitana de Belo Horizonte. Denúncias anônimas para a Polícia Militar deram conta que o suspeito estava fazendo disparos na rua.

De acordo com o sargento Fernando Guimarães, da 15ª Companhia Independente, algumas pessoas entraram em contato informando que o homem, que tem o apelido de “Martelinho de Ouro”, estava armado.

“Nós conseguimos identificá-lo e fomos até a sua chácara. Ao ser abordado, ele negou o crime”, explicou o militar.

Ainda conforme informações do boletim de ocorrência, ao ser questionado se tinha armas em casa, a princípio, ele negou, mas resolveu contar a verdade ao perceber que os policiais fariam buscas no imóvel, localizado no bairro Chaparral.

“Durante buscas encontramos duas espingardas polveiras e uma garrucha calibre 28, além de várias munições”, contou o sargento.

Algumas das munições estavam deflagradas, mas Martelinho de Ouro se defendeu dizendo que disparos haviam sido efetuados em data anterior. Uma das armas foi encontrada na residência do caseiro. O homem de 56 anos contou que a arma era do patrão, que assumiu a posse.

A dupla foi levada para a Delegacia de Plantão de Sabará, também na Grande BH.

Leia tudo sobre: PORTEARMARAVENA