Após um dia de paralisação, rodoviários rodam normalmente na Grande BH

De acordo com presidente do Sittracon,todas as linhas de Contagem, que também atendem Sarzedo e Ibirité, estão funcionando; TRT estipulou multa de R$ 30 mil caso serviço não fosse prestado à população

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Usuários do transporte público de Contagem, Sarzedo e Ibirité, cidades da região metropolitana de Belo Horizonte, podem ficar despreocupados. Após um dia de paralisação, rodoviários trabalham normalmente na manhã desta quinta-feira (21). A decisão foi tomada depois que o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 3ª Região de Contagem determinou a presença de no mínimo 70% da frota durante os horários de pico.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários de Contagem (Sittracon), Antônio Ferreira, os serviços não serão interrompidos.

“A frota está na rua normalmente. Vamos tentar um acordo no fim da manhã desta quinta. A princípio, não estão previstas paralisações para hoje”, disse o presidente.

No fim da noite dessa quarta-feira (20), o TRT estipulou multa diária de R$ 30 mil caso não houvesse a prestação do serviço. O tribunal ordenou que 70% da frota rodasse entre 5h30 e 9h e das 17h às 20h, de segunda a sexta-feira. Nos demais horários, o sindicato deve garantir 50% dos veículos na rua.

A paralisação começou na manhã de quarta depois que rodoviários resolveram cruzar os braços. O protesto aconteceu, segundo os manifestantes, depois que  a empresa Saritur, responsável pelas linhas de Contagem que acessam as cidades de Ibirité, Sarzedo, não cumpriu a convenção coletiva em relação às reivindicações da categoria, como adicional noturno, plano de saúde e hora extra.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave