Setor elétrico tem a pior rentabilidade em dez anos

Para cada R$ 100, empresas lucraram 7,83% em 12 meses

iG Minas Gerais |

Perdas. Empresas americanas do setor elétrico já ultrapassaram as brasileiras em rentabilidade
RODRIGO LIMA / NITRO.
Perdas. Empresas americanas do setor elétrico já ultrapassaram as brasileiras em rentabilidade

SÃO PAULO. As empresas do setor elétrico listadas na BM&FBovespa tiveram, sob a ótica da rentabilidade sobre patrimônio (ROE, na sigla em inglês), entre julho de 2013 e junho de 2014, o pior resultado em 12 meses desde o último trimestre de 2004, diz a consultoria Economatica. De acordo com relatório publicado ontem, a mediana do ROE das empresas do setor foi de 7,83%. Ou seja, para cada R$ 100 de patrimônio, as empresas lucraram 7,83% nos últimos 12 meses. Ao final do ano de 2004, as empresas apontavam um retorno sobre o patrimônio de 7,67% em 12 meses.

A Economatica compara também a rentabilidade das empresas listadas no Brasil com as que possuem capital aberto nos Estados Unidos. O ROE das companhias presentes nas bolsas americanas foi de 9,56% em 12 meses.

Desde o fechamento do primeiro trimestre de 2013 as companhias listadas no Brasil apontavam rentabilidade maior do que as que estão nos Estados Unidos.

A consultoria também compara o retorno das companhias com a taxa paga pelo Certificado de Depósito Interfinanceiro (CDI), que responde à variação da Taxa Básica de Juros (Selic). Nos últimos 12 meses, sua variação foi de 9,68%, superando o retorno das elétricas.

Usinas eólicas. A geração das usinas eólicas em atividade no Brasil atingiu a marca de 1.228 MW médios em junho, o maior resultado mensal da história segundo a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). A geração cresceu 127,2% em relação aos números de junho do ano passado.

O fator de capacidade médio ficou em 36% em junho, expansão de 10 pontos percentuais. A maior geração registrada em junho acompanha a expansão do parque eólico gerador brasileiro, agora por 134 usinas. Apenas em junho houve a adição de três usinas. Desde janeiro, houve acréscimo de 44 empreendimentos ao parque nacional.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave