Moradores de ocupação em Nova Lima temem despejo após reunião com PM

Segundo a Polícia Militar, o objetivo era explicar para as famílias que há um pedido de reintegração posse para o terreno e que, caso ele seja acatado pela Justiça, será feito o despejo

iG Minas Gerais | José Vítor Camilo / Bruna Carmona |

Cerca de 30 famílias que vivem em um terreno ocupado no bairro Nova Suíça, em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte, estão preocupadas com a possibilidade de serem despejadas no início do próximo mês.

De acordo com uma das moradoras do terreno, que preferiu não ter o nome revelado, policiais militares estiveram na ocupação na manhã desta quarta-feira (20) para conversar com os moradores e avisar sobre o pedido de reintegração de posse feito pela mineradora AngloGold Ashanti, que está sendo analisado pela Justiça.

“O clima está tenso. Não trouxeram mandado e disseram que só vão derrubar as casas no dia 4 (de setembro). Tinha helicóptero sobrevoando as casas, é muita pressão”, contou. Segundo a moradora, as famílias vivem no local há mais de cinco anos e afirmam que o terreno não tem dono.

A Polícia Militar (PM) confirmou que houve uma reunião entre moradores e representantes da PM, da Polícia Civil, do Juizado de Menores e da AngloGold Ashanti nesta quarta-feira. O objetivo era dialogar com famílias e explicar que a mineradora está tentando a reintegração de posse na Justiça. A intenção, segundo a PM, é informar que eles farão o despejo caso o pedido seja acatado.

Procurada pela reportagem de O TEMPO, a AngloGold Ashanti informou que "as reintegrações de posse de terrenos de sua propriedade no município de Nova Lima têm respaldo judicial". Ainda segundo a empresa, este processo se faz necessário para a preservação de seu patrimônio.

A nota da mineradora diz ainda que a AngloGold Ashanti vem trabalhando para auxiliar a Prefeitura de Nova Lima nas áreas de habitação e infraestrutura urbana, cedendo terrenos de sua propriedade para o uso de interesse social, como a construção de unidades habitacionais para o programa "Minha Casa, Minha Vida".

Leia tudo sobre: nova limaocupaçãodespejomineradora