Com brasileiros convocados, Porto vence fora na Liga

Os selecionáveis Danilo e Alex Sandro ajudaram o time português a vencer o Lille na briga por vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

DIVULGAÇÃO/SITE OFICIAL DO PORTO
undefined

Com os brasileiros Alex Sandro e Danilo, recém-convocados por Dunga, o Porto saiu na frente do duelo com o Lille por uma vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões. Nesta quarta-feira, o time português venceu os franceses por 1 a 0, fora de casa, e abriu vantagem no confronto. A partida da volta será disputada na próxima terça-feira, em Portugal.

Os laterais Alex Sandro e Danilo foram titulares e jogaram os 90 minutos pela equipe portuguesa um dia depois de serem chamados pelo técnico Dunga para defenderem a seleção brasileira nos amistosos contra Colômbia e Equador, no início de setembro. Os brasileiros Evandro, Maicon e Casemiro, ex-São Paulo, também estiveram em campo.

O único gol da partida foi marcado por Hector Herrera aos 16 minutos do segundo tempo. Ele aproveitou rebote do goleiro nigeriano Enyeama, após cabeçada de Jackson Martínez, e deixou o Porto em vantagem. Para entrar na fase de grupos, o time português só precisa de um empate na próxima semana.

Hulk, outro convocado por Dunga, também se destacou nesta quarta. Ele deu a assistência para o único gol do Zenit St. Petersburg na vitória sobre o Standard Liège, na Bélgica. Shatov foi o autor do gol. Assim como o Porto, o time russo avança com um empate em casa, na semana que vem.

Pela mesma rodada de playoffs da Liga, Maribor e Celtic empataram por 1 a 1, na Eslovênia. O time esloveno herdou o lugar do Legia Varsóvia, equipe polonesa punida pela Uefa pela escalação irregular de um jogador na fase anterior da competição. O Legia chegou a apelar da decisão à Corte Arbitral do Esporte (CAS), mas não obteve resposta a tempo de evitar o jogo do Maribor nesta quarta.

Ainda nesta quarta, AaB e APOEL Nicósia, do Chipre, empataram por 1 a 1, na Dinamarca. Slovan Bratislava, da Eslováquia, e BATE Borisov, da Bielo-Rússia, repetiram o placar do jogo em solo dinamarquês.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave