Suspeito de fraudar provas do Detran é preso em flagrante em BH

Homem fazia os testes no lugar de candidatos à CNH; autoescolas e possíveis beneficiados com o esquema serão investigados

iG Minas Gerais | Gustavo Lameira |

Um homem foi preso por tentar fraudar a prova de legislação de trânsito do Detran, para os candidatos à Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Thales Petrúcio Passos, de 37 anos, já era investigado, no entanto o tempo de apuração e possíveis beneficiados no esquema não serão divulgados para não atrapalhar os trabalhos.

Conforme a Polícia Civil, o homem foi detido na UAI Praça Sete, na manhã desta quarta-feira (20). Thales se apresentou para fazer o exame, mas não tinha registrado seu cadastro biométrico, feito nas autoescolas. A falta da biometria levantou suspeitas, mesmo assim, com a conferência do documento de identidade, foi permitido seu acesso à sala para a realização da prova, na qual fez 24 pontos em 30.

Por questões de segurança a Polícia foi acionada, quando então perceberam que o aluno se tratava do suspeito já investigado. A identificação de Thales, que usava o documento de outra pessoa, foi feita posteriormente, e confirmada com a chegada de seu advogado. O suspeito não disse quanto cobrava para fazer o serviço nem revelou nomes dos beneficiados.

Ainda segundo a Polícia, os circuitos de câmeras da sede do Detran, das UAIs e de outros postos onde são realizadas as provas de legislação serão avaliados para buscar imagens do suspeito. Autoescolas também serão investigadas.

Thales mora em Belo Horizonte e já tem passagens por crimes de formação de quadrilha e estelionato. Ele vai responder por falsa identidade e uso de documento falso. Para esse último não cabe pagamento de fiança, com pena de reclusão de dois a seis anos. 

O cidadão que tiver qualquer informação sobre o caso e outros envolvidos pode entrar em contato com a Polícia Civil pelo telefone 181. O sigilo será mantido.