Pimenta e Pimentel estreiam com programas semelhantes

Candidatos contaram suas histórias, exaltaram luta contra ditadura e postura de 'ouvir a população'

iG Minas Gerais | Da Redação |

Os dois candidatos melhor colocados nas pesquisas de intenção de voto, Fernando Pimentel (PT) e Pimenta da Veiga (PSDB), surgiram na televisão em programas eleitorais semelhantes nesta quarta-feira, no início da tarde. Na primeira inserção, dois candidatos não apareceram na tela: Tarcísio Delgado (PSB) e Cleide Donária (PCO) não apresentaram seus programas. No caso de Pimenta e Pimentel, ambos usaram seus primeiros espaços na propaganda para a apresentação de suas vidas e de seus feitos políticos. A diferença é que o petista usou mais imagens externas de cidadãos falando sobre sua atuação, enquanto o tucano deu longo depoimento em estúdio. As semelhanças entre Pimenta e Pimentel se deram inclusive nas temáticas escolhidas em suas falas. Eles deram ênfase a seus papéis na luta contra a ditadura e tentaram se passar como governantes que ouvem a população. O programa de Pimentel, o primeiro a ser exibido, exaltou que o candidato foi um prefeito que "ouvia" e "conversava" com a população, antes de exibir pessoas reforçando a mesma característica. Pimenta da Veiga também usou o tema ao falar de sua presença na Prefeitura de Belo Horizonte, citando a criação do Programa Participativo de Obras Prioritárias (Propar), que consultava a população sobre as intervenções na capital. Além de Pimenta e Pimentel, outros três candidatos ao Palácio Tiradentes apareceram na TV neste primeiro dia de propaganda ao governo do Estado. Fidélis (PSOL) lembrou que sua campanha é colaborativa e recebeu o apoio de Vanessa Portugal (PSTU), que foi candidata ao cargo nas últimas eleições. Túlio Lopes (PCB) realçou que é o candidato mais jovem na disputa do governo de Minas. Eduardo Ferreira citou o fato de um ex-torneio mecânico ter se tornado presidente da República (em referência a Lula), para dizer que é humilde mas pode fazer muito por Minas.