Mais um gol vale rol dos 15 maiores

iG Minas Gerais |

O atacante Diego Tardelli tem vários motivos para entrar em campo nesta quarta-feira, contra o Flamengo, no Maracanã, a todo vapor. Além de integrar a lista dos convocados para a seleção brasileira e de completar seu 200º jogo pelo Galo, o jogador ainda pode subir mais um degrau na lista dos maiores artilheiros da história centenária do Atlético.

Se balançar as redes do rubro-negro uma vez, Tardelli irá igualar a marca de 104 gols de Resende, que defendeu o clube nas décadas de 30, 40 e 50, e Marcelo Oliveira, atacante do Galo nos anos 70 e 80, e atual treinador do Cruzeiro. Atualmente, DT9 é o 17º jogador que mais marcou gols com o uniforme alvinegro. Foram 103, ao todo. O último se deu no domingo passado, no empate em 2 a 2 com o Figueirense, no Orlando Scarpelli. O líder do ranking de artilheiros do Atlético é Reinaldo, com 255 tentos, seguido por Dadá Maravilha, autor de 211. Mário de Castro, com 195, fecha o top 3 dos principais goleadores atleticanos de todos os tempos. Baixa. Marcos Rocha sofreu estiramento no músculo posterior da coxa esquerda, constatado ontem, e não tem previsão de retorno aos gramados. Galinho. O Atlético segue invicto na Taça BH de Futebol Júnior. Ontem, o alvinegro conquistou sua segunda vitória no torneio. Desta vez, o Galinho venceu o Democrata-SL, por 5 a 1, com gols de Carlos (3), João Vitor e Gustavo, na Arena do Jacaré. Arouca descontou para a equipe da casa. Com o resultado, o time comandado por Rogério Micale chegou à liderança do grupo G, com seis pontos, a mesma pontuação do Coritiba. Mas os mineiros superam o Coxa no saldo de gols: cinco contra quatro. Já classificados, Atlético e Coritiba decidem quem será o primeiro colocado da chave amanhã, às 17h, na Arena do Jacaré.

Curiosidade Primeiro gol. Tardelli balançou as redes pela primeira vez na carreira justamente no palco de hoje, o Maracanã. O Fluminense foi a vítima na vitória do São Paulo por 3 a 1, em 2003.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave