Sem carteirinha nova, marcação de exames fica difícil

Entrega será feita, no máximo, até 31 de agosto

iG Minas Gerais | Ana Paula Pedrosa |

Dúvidas. Usuários enchem a sede da Vitallis em Belo Horizonte em busca de informações
OSVALDO RAMOS
Dúvidas. Usuários enchem a sede da Vitallis em Belo Horizonte em busca de informações

Os usuários do plano Santa Casa Saúde, vendido para a Vitallis há cerca e um mês, que ainda não receberam suas carteirinhas novas estão tendo dificuldades para conseguir atendimento, principalmente autorização para exames. “Estou sem a carteirinha e não consegui atendimento por telefone. Por isso, pedi para sair mais cedo do trabalho para vir aqui”, diz a babá Solange Oliveira, que nesta terça esteve na sede da Vitallis no centro de Belo Horizonte em busca da autorização para fazer exame.

O tempo de espera no local era de cerca de meia hora, e muitas pessoas apresentavam a mesma queixa. Solange, que normalmente trabalha até as 17h30, nesta terça deixou o serviço às 16h. Ela diz que o telefone da empresa “só fica ocupado ou tocando quela musiquinha”.

A aposentada Elita Alves da Silva também foi à central de atendimento para pedir autorização para um exame. “Por telefone demora muito, porque está congestionado”, diz. Ela acredita que seja apenas “um período de transição”.

A atendente de padaria Anasi Rodrigues conseguiu pegar o número da nova carteirinha por telefone, “depois de tentar a manhã inteira”. Mesmo assim, teve problemas, por não apresentar o documento físico. Para conseguir autorização para marcar exames, ela teve que ir à sede da Vitallis.

Anasi também tem medo de não ser atendida em uma consulta que marcou por telefone. “A pessoa que me atendeu disse que não garantia o atendimento só com o número da carteirinha”, diz ela.

A Vitallis informou, por meio de nota, que todos os usuários receberão as carteirinhas até o dia 31 de agosto. Até lá, porém, a empresa diz que os clientes podem usar normalmente as antigas carteirinhas do Santa Casa Saúde. Caso tenham problemas, devem procurar a Vitallis. “A carteirinha antiga será aceita até 31 de agosto”, afirma a operadora.

Também em nota, a Vitallis lembra que a rede credenciada cresceu. “Além do Hospital e do Centro Clínico São Lucas, que foram mantidos, os novos beneficiários passaram a ter acesso à rede credenciada da Vitallis e também à rede própria”, diz o texto.

Atendimento

Saiba os canais. A Vitallis atende pelos telefones (31) 3014-3002 (capital) ou 0800-7013802 (demais localidades) ou na rua Rio de Janeiro, 600, 4º andar, Centro de Belo Horizonte.

Vencimento do boleto foi prorrogado No primeiro mês de administração da Vitallis, a entrega do boleto dos clientes do antigo Santa Casa Saúde também está atrasada. Nesta terça, muitos estavam em busca do documento no setor financeiro, no centro de Belo Horizonte. “Não chegou, e eu tive que vir aqui”, diz a técnica em radiologia Maria Veridiana Barbosa. Nesse setor, o atendimento era rápido, cerca de cinco minutos. O vencimento dos boletos foi prorrogado, para que os consumidores não pagassem multa por atraso.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave