Presidenciáveis miram Minas

Dilma desembarca hoje em BH; na sexta, Aécio estará em Uberlândia, e Marina, em Juiz de Fora

iG Minas Gerais | Larissa Arantes |

Dilma almoçou no refeitório da empresa que constrói usina em RO
Ichiro Guerra/ Dilma 13 / Divulg
Dilma almoçou no refeitório da empresa que constrói usina em RO

Os três principais presidenciáveis desembarcam em Minas Gerais a partir de hoje para reforçar suas campanhas ao Palácio do Planalto e também de seus candidatos ao governo estadual. A morte do ex-governador Eduardo Campos (PSB) alterou o cenário da disputa com a inclusão de Marina Silva como candidata, e o fato já causa reflexos nas campanhas.  

Não à toa, os presidenciáveis decidiram investir em Minas. O Estado é considerado estratégico por ser o segundo maior colégio eleitoral do país e, portanto, decisivo na definição do próximo presidente. Além disso, nas eleições de 2010, Marina foi a mais votada na capital mineira.

A presidente Dilma Rousseff (PT) visita hoje Belo Horizonte. Na sexta-feira, o senador Aécio Neves (PSDB) vai a Uberlândia, no Triângulo Mineiro, e Marina deverá ir a Juiz de Fora, na Zona da Mata. O nome da ex-senadora será oficializado hoje em reunião da cúpula nacional do PSB, que baterá o martelo sobre a nova chapa.

Danilo de Castro, um dos principais coordenadores da campanha de Aécio, confirmou nesta terça a viagem do senador ressaltando que pesquisas apontam que Aécio vence Dilma na cidade. Ele evitou, porém, falar sobre mudanças na estratégia de campanha e minimizou os votos em Marina. “A nossa campanha está a mesma. Eu acho que não precisa mudar porque os votos que a Marina teve em 2010 foram votos de protesto. O eleitor agora está muito mais exigente”, disse.

Nos bastidores, porém, a informação é a de que a reunião do PSDB e siglas aliadas em Brasília, nessa segunda, serviu para alinhar os discursos e reforçar o nome de Aécio nas agendas nos Estados. O candidato do PSDB Pimenta da Veiga participou do encontro em Brasília e, nesta terça, durante agenda na capital, já era possível verificar o tom mais incisivo. O candidato a vice na chapa, Dinis Pinheiro (PP), discursou dizendo que “Minas não vai trair Aécio Neves”.

Já a presidente Dilma chega a Belo Horizonte hoje para gravar cenas de seu programa eleitoral e também para o vídeo do candidato do PT em Minas, Fernando Pimentel (PT). Recentemente, a cúpula petista cobrou que o ex-ministro parasse de se distanciar da imagem da petista, inclusive no material publicitário.

Pimentel negou que houvesse esse “descolamento” da campanha nacional, e, dias depois, o material com a imagem de Dilma começou a ser distribuído. Também está prevista entrevista coletiva da presidente, algo muito raro nas agendas de Dilma na cidade.

A vinda de Marina Silva ao Estado será decidida hoje, de acordo com o presidente do PSB de Minas, deputado federal Júlio Delgado. O dirigente afirmou nesta terça que a visita a Juiz de Fora ao lado do candidato estadual Tarcísio Delgado estava prevista, mas pode sofrer alterações em função da reviravolta dos últimos dias. “Ela também teria uma agenda em Belo Horizonte nesta semana, que foi cancelada. Conversei com ela hoje (terça) e ela vai confirmar amanhã (quarta)”, destacou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave