Diretoria do Cruzeiro dava como certa convocação de Dedé à seleção

Técnico Dunga preferiu convocar apenas dois atletas por clube para não prejudicar equipes na sequência das competições oficiais

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Dedé (c) ficou fora da primeira convocação de Dunga, mas na visão da diretoria do Cruzeiro seria um dos nomes lembrados
DOUGLAS MAGNO/O TEMPO
Dedé (c) ficou fora da primeira convocação de Dunga, mas na visão da diretoria do Cruzeiro seria um dos nomes lembrados

O sucesso do Cruzeiro nas duas últimas temporadas colocou alguns jogadores do clube em evidência. Tanto é que o meia-atacante Ricardo Goulart, artilheiro da atual edição do Campeonato Brasileiro, e Everton Ribeiro, craque do Brasileirão de 2013, foram lembrados pelo técnico Dunga na primeira convocação do treinador em seu retorno à seleção brasileira. Apesar disso, a diretoria celeste esperava mais um atleta na lista.

Segundo apurou o Super FC, o Cruzeiro havia planejado ficar sem três jogadores titulares para os jogos contra o Fluminense, na 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, e Bahia, na abertura do returno. O zagueiro Dedé era, além de Goulart e Ribeiro, nome dado como certo pela cúpula cinco estrelas na lista de Dunga.

A ausência do camisa 26 da Raposa na convocatória do treinador do Brasil pegou os dirigentes estrelados de surpresa. No entanto, o próprio comandante canarinho explicou que preferiu chamar apenas dois jogadores de cada clube, para não atrapalhar os times na sequência das competições no segundo semestre.

Nos últimos dias, o presidente Gilvan de Pinho Tavares reuniu sua cúpula diretiva e o técnico Marcelo Oliveira para traçar os planos pelas ausências de atletas que eram tidos como certos na convocação de Dunga.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave