Após críticas, Cruzeiro volta a ter jogadores na seleção brasileira

Em boa fase, Ricardo Goulart e Everton Ribeiro retomam sequência de jogadores da Raposa convocados à seleção

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Muito se questionava sobre a ausência de jogadores do Cruzeiro nas últimas convocações da seleção brasileira. Melhor time do futebol nacional na atualidade, a Raposa passou em branco inclusive na Copa do Mundo, quando nenhum de seus atletas foi lembrado pelo então treinador Luiz Felipe Scolari. Na “Nova Era” Dunga, a situação inverteu e os clamores da torcida e também da imprensa foram ouvidos.

Ricardo Goulart, artilheiro do Campeonato Brasileiro, e o meia Everton Ribeiro, eleito o melhor jogador da última edição do torneio nacional foram convocados para iniciar o processo de reformulação do futebol brasileiro, abalado após o inglório 7 a 1 sofrido diante da Alemanha, pela semifinal da Copa do Mundo, em pleno Mineirão.

A dupla celeste chega com moral ao escrete canarinho. Na atual edição do Brasileiro, Ricardo Goulart já balançou as redes em nove oportunidades. Aos 23 anos, ele é considerado um dos motores do esquema tático montado pelo técnico Marcelo Oliveira. Versátil, pode atuar tanto na armação das jogadas, quanto como um falso centroavante. Ao todo, Goulart já disputou 87 partidas, marcou 32 gols e deu 11 assistências. Nesta temporada, os números são ainda mais expressivos, com 36 jogos, 18 gols e quatro assistências.  

Já Everton Ribeiro é o maestro da Raposa. Apesar de estar longe das atuações impactantes do ano passado, quando brilhou com belos gols, o jogador é o melhor garçom do campeonato, com sete assistências. Em números gerais, o meia disputou 93 jogos com a camisa do Cruzeiro e balançou as redes em 20 oportunidades, 

Servindo à seleção brasileira, Everton Ribeiro e Goulart serão desfalque certo do Cruzeiro no duelo contra o Fluminense, no dia 7 de novembro, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida será disputada no Maracanã, às 16h. No dia 11, a Raposa volta a campo contra o Bahia, no Mineirão, às 20h30, mas a participação da dupla no jogo dependerá da logística e também do sacrifício dos jogadores. 

O Brasil enfrenta a Colômbia no dia 5 de setembro, em Miami, no estádio Sun Life. Quatro dias depois, pega o Equador, em Nova Jersey, no estádio Metlife.