Fratus exibe otimismo para os 50m livre no Pan-Pacífico

Melhor marca do nadador em 2014 só é pior do que a de exatamente Cesar Cielo, que não disputará a competição

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Sem a presença de Cesar Cielo, resta a Bruno Fratus o papel de principal esperança de medalha do Brasil na prova dos 50 metros livre do Campeonato Pan-Pacífico, que começa a ser realizado nesta quinta-feira, em Gold Coast. Afinal, ele é o dono do segundo melhor tempo do ano na distância, com 21s45. E a sua aposta é em uma prova de alto nível, em mais um passo da sua preparação para a Olimpíada de 2016, no Rio. Ele espera melhorar o seu resultado em comparação com 2010 e subir ao pódio.

"Vai ser uma competição veloz. Em 2010 terminei em quarto (21s93) e estou otimista agora, certo de que fiz com afinco todo o trabalho proposto. Esta é uma competição interessante, de alto nível, mas ao mesmo tempo, não é um Mundial ou Olimpíada. Sabemos que faz parte de um ciclo, de uma preparação para o objetivo principal", disse Fratus, que também competirá 4x100 metros livre.

A melhor marca de Fratus em 2014 só é pior do que a de exatamente Cielo, com 21s39. E no Pan-Pacífico ele terá pela frente rivais como o norte-americano Nathan Adrian, atual campeão da prova, Anthony Ervin, também dos Estados Unidos, o australiano James Magnussen e o medalhista de prata nas Olimpíadas de 2012, o também norte-americano Cullen Jones. A disputa também contará com os brasileiros Marcelo Chierighini e Nicholas Santos.

Chierighini, porém, admitiu ter metas modestas par a disputa do Pan-Pacífico - além da prova dos 50 metros, ele também disputará os 100 metros livre. "Vim ser criar expectativa. O que desejo é sair feliz da piscina, contente com meu desempenho. Se vier medalhas, ainda melhor", afirmou.

O Pan-Pacífico será realizado entre a próxima quinta-feira e o domingo, com a disputa dos 50 metros livre agendada para o último dia de provas.

Leia tudo sobre: fratusotimistapan pacifico50 metrosnataçao