“Algo aconteceu dentro do avião”

Piloto 22 anos de experiência

iG Minas Gerais | Isabella Lacerda |

É parte do trabalho do piloto conferir o funcionamento da caixa-preta antes de decolar?

Na maioria das vezes não existe esse check-list para saber se a caixa-preta está funcionando. Esse tipo de avião (Cessna 560 XL) tem um gravador de voz, para registrar as conversas. É comum a checagem desse equipamento no momento da manutenção. No dia a dia o que se olha é se tem algum recurso de proteção desconectado, se está colocado na posição normal.  

É possível o piloto, por conta própria, desconectar esse gravador?

Não é possível, até por questão de segurança do próprio aviador, para evitar que o piloto faça isso propositalmente.

O senhor acha que houve esse acidente por quê?

A informação que a gente tem é que todos os fragmentos do avião eram de 25 centímetros e que a porta se soltou, que a explosão foi de dentro para fora. Alguma coisa aconteceu dentro do avião. Mas a gente não tem certeza se acharam essa porta.

O problema não teria sido na turbina?

Se o avião tem uma pane, há recursos para cortar combustível e voar com uma turbina só.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave