Redução de lixo em BH ainda é modesta

O objetivo é destinar de maneira correta todo o resíduo sólido da cidade. Porém, segundo a SLU, o documento começou a ser feito em maio e tem previsão de conclusão em 16 meses

iG Minas Gerais | Joana Suarez |

A redução na quantidade de toneladas de lixo produzidas em Belo Horizonte anualmente tem sido tímida, como mostram os dados da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU). Em 2012, foram produzidas 997 mil toneladas de resíduos na cidade, enquanto em 2013 foram 927 mil – uma queda de 7%. O número do ano passado representa uma média de 1.700 kg de lixo produzidos por minuto em Belo Horizonte.  

Nos anos anteriores, a produção de resíduos também era maior. Em 2009, foram 1,3 milhões de toneladas de lixo recolhidas. Em 2010 e 2011, cerca de 1 milhão de toneladas por ano. Uma das formas de reduzir a produção de lixo, a coleta seletiva engloba hoje menos de 1% de todo o material recolhido na cidade.

Resíduos Sólidos. A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) da capital ainda prevê a finalização do plano municipal de gestão integrada de resíduos sólidos, que deveria ter sido concluído pelos municípios em 2012.

O objetivo é destinar de maneira correta todo o resíduo sólido da cidade. Porém, segundo a SLU, o documento começou a ser feito em maio e tem previsão de conclusão em 16 meses. “O plano será construído junto com a sociedade. Na conclusão, iremos começar a cumprir as metas”, explicou a chefe da SLU, Aurora Pederzoli. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave