Nepal e Índia enviam ajuda para vítimas de enchentes

Quatro helicópteros com suprimentos e profissionais de saúde foram enviados para aldeias no oeste do Nepal, afirmou Jhanka Nath Dhakal, do Centro Nacional de Operações Emergenciais

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Autoridades do Nepal e da vizinha Índia mandaram, nesta segunda-feira (19), alimentos, medicamentos e barracas para áreas onde fortes chuvas deixaram milhares de desabrigados e mataram pelo menos 180 pessoas nos últimos dias.

Quatro helicópteros com suprimentos e profissionais de saúde foram enviados para aldeias no oeste do Nepal, afirmou Jhanka Nath Dhakal, do Centro Nacional de Operações Emergenciais. Dhakal afirmou que o governo está tentando enviar também equipes médicas e suprimentos para prevenir doenças, como a cólera e outras enfermidades que costumam aparecer com as chuvas. Eles também estão distribuindo barracas e lonas plásticas para fazer abrigos temporários, utensílios para cozinhar e roupas para aqueles que perderam seus pertences.

Milhares de pessoas estão sem abrigo em 10 distritos atingidos. As áreas são, em sua maioria, terras onde pessoas pobres vivem na lama e em cabanas de palha. Segundo autoridades locais, até quinta-feira passada, pelo menos 100 pessoas morreram no Nepal e outras 84 morreram na Índia por conta de chuvas torrenciais e transbordamentos de rios.

No norte da Índia, pelo menos 50 pessoas morreram no Estado de Uttarakhand, muitas delas levadas pelos rios inundados, e em aldeias. No Estado vizinho Uttar Pradesh, 10 mortes foram registradas na noite anterior, aumentando o número de vítimas fatais para 34.

Moradores das aldeias mais afetadas foram levados para acampamentos do governo e escolas, informou Alok Ranjan, do governo de Uttar Pradesh. Em cerca de 400 barcos, soldados paramilitares estão ajudando pessoas a saírem de suas casas.

A temporada de monções, de junho a setembro, geralmente traz inundações ao Nepal e à vizinha Índia. As chuvas causaram deslizamento de terras mais cedo neste mês, o suficiente para cobrir um vilarejo inteiro perto de Katmandu, resultando na morte de 156 pessoas.

No ano passado, mais de seis mil pessoas morreram com enchentes e deslizamentos de terras, no Estado de Uttarakhand. Nas últimas décadas, desmatamentos têm deixado as áreas cada vez mais vulneráveis a deslizamentos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave