Israel afirma que Hamas planejou golpe contra OLP

Conforme relatou a agência, o plano foi arquitetado pelo alto funcionário do Hamas Salah Arouri, que opera na Turquia e conta com o apoio de autoridades locais

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Agência de Segurança de Israel informou nesta segunda-feira (19) que houve uma tentativa frustrada do Hamas na Cisjordânia de derrubar o presidente palestino, Mahmud Abbas, sem dar muitos detalhes.

Conforme relatou a agência, o plano foi arquitetado pelo alto funcionário do Hamas Salah Arouri, que opera na Turquia e conta com o apoio de autoridades locais. A ideia era criar células nas principais cidades da Cisjordânia. As informações da tentativa de golpe foram obtidas por meio de depoimentos de presos.

Nos últimos meses, a agência afirma ter prendido mais de 90 integrantes do Hamas e confiscado dezenas de armas que tinham sido contrabandeadas pelo Ocidente e mais de US$ 170 mil que eram destinados para financiar ataques.

Apesar do suposto plano de golpe, o Hamas e a Organização pela Libertação da Palestina (OLP), do presidente Abbas, já tiveram alguns momentos de aproximação neste ano. Em abril último, pressionado por uma crise financeira, o Hamas concordou em formar um governo de conciliação com a OLP. No fim de julho, o secretário-geral da OLP, Yasser Abed Rabbo, pediu um cessar-fogo humanitário de 24 horas na Faixa de Gaza, afirmando que também falou em nome do Hamas.

Depois de cinco dias, o cessar-fogo entre Israel e palestinos termina nesta segunda-feira (19). Segundo a ONU, o conflito já matou mais de 1900 palestinos, a maioria civis, e 67 israelenses, dos quais apenas três eram soldados. O conflito foi intensificado no último dia 8 de julho, após Israel prender membros do Hamas, em resposta ao sequestro e assassinato de três jovens israelenses.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave