Homem mata mulher e filha a facadas, depois tenta suicídio em Osasco

Vítimas chegaram a ser socorridas e levadas por bombeiros a um hospital da região, mas não resistiram

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um porteiro de 30 anos matou a mulher dele e a filha de 10 anos na tarde deste sábado (16) na casa onde moravam em Osasco, na Grande São Paulo. Segundo a polícia, ele tentou se matar após o crime, mas foi preso em flagrante.

De acordo com a PM, Orcelândio Moreira de Sousa esfaqueou e matou a mulher dele, Leidian Ribeiro de Santana Sousa, 27, e a filha Paula Lorrane Ribeiro Sousa, 10, por volta das 16h. O crime ocorreu no bairro Aliança, onde a família morava.

Ao chegar no local, os policiais militares encontraram as vítimas feridas no chão. Elas chegaram a ser levadas por bombeiros a um hospital da região, mas não resistiram aos ferimentos.

Orcelândio também tinha dois cortes no pescoço quando os policiais o encontraram no local. Segundo o depoimento de testemunhas à polícia, após esfaquear as vítimas, ele disse que havia uma caixa de isopor em cima da geladeira da casa com objetos que explicariam o motivo do crime. Na caixa, os policiais encontraram um caderno com anotações feitas pelo suspeito se desculpando pelo crime.

A faca que teria sido usada no crime e o caderno foram apreendidos pela polícia. Orcelândio foi internado no Hospital de Osasco, onde passou por cirurgia.

O caso foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil no 10 º DP (Jardim Helena Maria) de Osasco.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave