Marcelo Oliveira exalta vitória em 'jogo 100' e alerta para desgaste

Treinador considerou o jogo contra o Santos como extremamento difícil, apesar do placar elástico

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Marcelo Oliveira quer ver seus comandados pressionando o adversário
Washington Alves/VIPCOMM
Marcelo Oliveira quer ver seus comandados pressionando o adversário

O centésimo jogo do técnico Marcelo Oliveira pelo Cruzeiro não poderia ser melhor. Com futebol seguro e de alto nível, a Raposa goleou o Santos por 3 a 0 e retomou a liderança do Brasileirão, que tinha ficado temporariamente com o Inter. O comandante exaltou a tarde inspirada de seu time e a mais uma participação “envolvente” da torcida, como ele mesmo pontuou.

Apesar do placar elástico, Oliveira considerou o jogo bastante complicado e, de fato, o Santos teve alguns poucos momentos bons na partida. Mas, novamente, os setores do time celeste estiveram bem conectados e foram eficientes, o que garantiu uma atuação digna de líder do Cruzeiro, em sintonia aos 41.967 torcedores que lotaram o Mineirão.

“Foi ótimo, um jogo extremamente difícil. Sabíamos disso e até esperávamos que o Santos chegasse desgastado. Eles diminuíram o ritmo no segundo tempo. Fizeram um belo jogo, e o Cruzeiro também. Conseguimos a vitória que era fundamental para retomarmos a ponta da tabela e mantermos o bom aproveitamento em casa. Ainda mais da forma que foi, empurrado pela torcida, envolvente”, analisou.

Na vitória deste domingo, mais uma vez, a força coletiva do Cruzeiro foi evidenciada, não só no gols marcados, cada um por um jogador diferente, mas nas reposições que se fizeram necessárias. Das três trocas promovidas por Oliveira, duas foram por necessidade física, já que Marcelo Moreno saiu debilitado pela gripe e Goulart sentiu dores. O treinador ponderou que a equipe está no limite.

“Trabalhamos bem e conscientizamos os jogadores que era bom trabalhar forte. Agora vem uma sequência difícil. Tem o lado bom que podemos trocar os jogadores pelo desgaste. O Cruzeiro está com time desgastado, então é fundamental que a gente consiga uma nova vitória agora, para continuarmos nossa caminhada em busca do nosso objetivo”, frisou.

No jogo 100 de Marcelo Oliveira no comando do Cruzeiro, o técnico conquistou sua 67ª vitória pela Raposa, atingindo um aproveitamento respeitável de 73,7%. No mais, ele tem apenas 18 empates e 15 derrotas em 1 ano e oito meses de clube.

Já nesta quinta-feira, o Cruzeiro volta a campo para mais um clássico nacional, desta vez contra o Grêmio. O duelo será realizado no Mineirão, às 20h30, pela 16ª rodada do Nacional. 

Leia tudo sobre: cruzeiroraposamarcelo oliveiratecnico100 jogos