Motoristas já encontram grande movimentação no retorno do feriado

Conforme informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) o aumento no fluxo começou a ser registrado nas principais rodovias de acesso a Belo Horizonte no início da tarde deste domingo (17)

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Foto registrou o grande congestionamento formado, na sexta-feira (15), na saída do feriado pela BR-381, no sentido Vitória
FERNANDA CARVALHO / O TEMPO
Foto registrou o grande congestionamento formado, na sexta-feira (15), na saída do feriado pela BR-381, no sentido Vitória

Os belo-horizontinos que deixaram Belo Horizonte para aproveitar o feriado prolongado de Assunção de Nossa Senhora, comemorado na sexta-feira (15), e optaram para retornar na tarde deste domingo (17) encontram grande movimentação de veículos nas principais rodovias de acesso a capital.

Conforme informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) o aumento no fluxo começou a ser registrado no início da tarde. Na BR-381, principal rodovia que liga Minas Gerais a São Paulo, cidade, também, localiza no Sudeste, do país, o tráfego é carregado na altura de Betim, na região metropolitana.

Grande movimentação também complica a vida dos condutores que seguem pela BR-040, no sentido BH, já que a rodovia apresenta fluxo intenso em dois pontos. Em Sete Lagoas, na região Central do Estado, não há registro de acidente, no entanto, há momento de lentidão registrados desde o início da tarde, em função do aumento da frota.

Ainda na região central, mas, desta vez em Congonhas, além dos belo-horizontinos, que retornam para casa, outros fatores atrapalham o trânsito no trecho. “O aumento de veículos no retorno do feriado já era esperado e atrapalham o tráfego. Mas, a lentidão também se dá em função de um estreitamento de pista próximo ao viaduto Vila Rica. Outro fator que contribui para a retenção se deve a motoristas estão reduzindo a velocidade no trecho, devido da falta de sinalização, já que as placas foram retiradas provisoriamente das margens da rodovia para obras de recapeamento da via”, explicou o agente Evaldo Barbosa  da Polícia Rodoviária Federal, que atua no posto da região.     

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave