Atleta atropelado dentro da USP será enterrado em São Paulo

Motorista do carro perdeu o controle e atingiu cinco pessoas que corriam na rua

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

SÃO PAULO, SP - O atleta Alvaro Teno, 67, que morreu neste sábado (16), vítima de um atropelamento dentro do campus Butantã da USP (Universidade de São Paulo), na zona oeste da capital, será enterrado no Cemitério do Araçá, na avenida Doutor Arnaldo, às 17h. O corpo já está sendo velado no local.

Teno faleceu depois de ser atingido por um carro enquanto corria na USP. Ele chegou a ser socorrido no Hospital Universitário, mas não resistiu aos ferimentos. Outras quatro pessoas também foram atropeladas.

Luiz Antônio Conceição Machado, 43, que dirigia o Toyota Corolla prata que atropelou as cinco pessoas, foi preso em flagrante. Ele será indiciado sob suspeita de embriaguez ao volante e homicídio culposo (sem intenção).

De acordo com policiais, o motorista disse ter perdido o controle após cochilar ao volante. "Fizemos o teste do bafômetro, que marcou 0,54 decigramas de álcool, acima do limite", disse o cabo Jeferson Dias, que deteve o motorista.

Segundo a PM, por volta das 9h, o motorista do carro perdeu o controle e atingiu cinco pessoas que corriam na rua, próximo ao portão 1, o principal do campus. Após atingir as pessoas, o veículo invadiu a calçada e bateu numa árvore.

De acordo com Dias, testemunhas relataram que ele tentou dar marcha ré para sair com o carro, mas foi impedido por frequentadores do campus.

Três vítimas foram atendidas em hospitais e já receberam alta. A médica Eloisa Pires do Prado, 43, foi operada no Hospital Samaritano e se recupera no quarto, segundo as últimas informações fornecidas pela assessoria de imprensa do hospital. A família de Eloisa prefere não divulgar novidades sobre seu estado de saúde. 

 

Folha Press

Leia tudo sobre: ATROPELAMENTOUSPATLETA