Amigos são baleados e um morre após festa na avenida Raja Gabaglia

Vítimas e suas mulheres foram surpreendidas por cinco homens; ninguém foi preso

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A divida referente à venda de uma casa pode ser a motivação para uma tentativa e um homicídio que aconteceu na noite desse sábado (16), após uma festa de aniversário na avenida Raja Gabaglia, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Dois amigos foram cercados e baleados na frente de suas companheiras.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a mulher de Carlos Eduardo Gomes, de 34 anos, contou que estava com o marido no evento, na altura do bairro Conjunta Santa Maria, quando ele recebeu uma ligação e a chamou para ir embora.

Já na porta da confraternização, eles encontram com Rodinei Gonçalves de Oliveira, de 35, e sua mulher. Os casais ficaram conversando e, minutos depois, foram surpreendidos por cinco homens, sendo que dois já chegaram atirando.

Oliveira levou um tiro no peito. Já Gomes foi atingido na testa e na coxa direita. Os dois foram socorridos por populares e encaminhados ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. Porém, Oliveira não resistiu aos ferimentos. O estado de saúde da outra vítima não foi divulgado.

Militares do 22º Batalhão foram acionados já no hospital. Na bolsa da companheira de Gomes, os policiais encontraram seis munições de calibre 38 e um coldre, compartimento usado para colocar armas. Ela disse que o material pertence ao marido, que seria vigilante.

A mulher de Oliveira disse que, em data anterior, o marido teve uma discussão com um homem que teria comprado uma casa de Gomes e não teria efetuado o pagamento da dívida. O nome do suspeito  foi repassado à polícia, mas ele não foi localizado.

A ocorrência foi encerrada na Central de Flagrantes 2 (Ceflan). 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave