Jovem é executado com 13 tiros na frente da mulher e filho em Betim

Atirador estava em um carro e chegou a piscar farol para a vítima; autoria e motivação do crime são desconhecidas

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A Polícia Civil vai investigar a morte de um jovem de 22 anos que foi assassinado com 13 tiros, nesse sábado (16), em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. A vítima foi executada na frente da companheira e do filho pequeno.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a mulher de Guilherme Antônio dos Santos estava com ela e a criança dentro do carro da família quando, próximo ao bairro São João, um outro motorista começou a piscar farol para o homem.

Para saber o que estava acontecendo, o jovem parou o carro e, nesse momento, um homem encapuzado saiu do outro veículo e atirou uma vez. O tiro acertou o abdômen de Santos, que ainda tentou fugir com a família, mas perdeu as forças e parou o veículo na avenida das Américas, no bairro Vila Filadélfia.

O criminoso seguiu o homem, pediu que a mulher dele se afastasse e disparou mais 12 vezes. Santos foi baleado no tórax, braço, pescoço, queixo, face e costas. Após o homicídio, o atirador fugiu e ainda não foi localizado.

A companheira da vítima não soube informar a motivação do crime. Ela e o filho não ficaram feridos. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Betim.

Leia tudo sobre: HOMICÍDIOFILHOMULHERCARRO